Anos

2011. Mais um ano se inicia. Sempre tenho a sensação de que o ano que se foi poderia ter sido melhor. Sempre vejo como não aproveitei as oportunidades que tive de ser melhor. Acho que na verdade não foi só o ano que se foi que não foi bom, mas todos os anos de minha vida. Perdi muito tempo com coisas fúteis. Briguei muito e perdi muito. Apanhei. Chorei e sofri. Que ganhei com isso? Nada. Em 2010 perdi muitas batalhas. Meu pai faleceu. E eu não estava preparado para isso. Minha filha se casou. Eu também não me preparei para isso. O tempo está escorrendo pelos meus dedos. Estou ficando velho e sei que mais da metade de minha vida já se foi. Às vezes me pego pensando onde errei e onde continuo errando. Às vezes nada faz muito sentido. Fico imaginando e tentando descobrir em qual ponto de minha vida deixei de ser feliz. Em que ponto me tornei amargo. Em qual momento deixei de sentir e perceber as pequenas coisas da vida. Feliz 2011. Para mim é só mais uma frase feita. Sei que vai ser como 2010, 2009, 2008 e como todos os outros. Sei que preciso mudar 90% de minha vida para ser apenas um pouco melhor. Mas saber que se precisa mudar é uma coisa, conseguir mudar é outra coisa. O tempo, esse passa muito rápido e não podemos fazê-lo voltar. É nosso maior inimigo. A solidão tem sido minha companhia mesmo quando não estou sozinho. A dor e a tristeza apertam meu coração. A sensação de sufoco e a vontade de partir. É ruim. É muito ruim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s